Pular para o conteúdo principal

REDES

Audiência sobre terceirizações da Guararapes é em abril

Ficou marcada para 2 de abril a audiência entre o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a empresa Guararapes, última etapa antes da decisão sobre as terceirizações.
O MPT acusa a gigante do setor têxtil de ter cometido irregularidades na contratação de facções no interior do Estado e pede à Justiça, por isso, uma multa de R$ 37 milhões e também quer que a Guararapes responda sobre os direitos dos trabalhadores terceirizados.
A ação foi ingressada pela procuradora do Trabalho, Ileana Neiva, e a peça relata irregularidades como atraso no pagamento de salários e falta de equipamentos de proteção adequados